Musa do triathlon, Fernanda Keller abre seu treino ao Portal EF


Considerada a triatleta mais consistente do mundo pela imprensa, Fernanda Keller é participante de 23 edições consecutivas deIronMan e uma das atletas recordistas de pódios na categoria.

Fluminense natural de Niterói e especialista em provas de longa distância como o Ironman, Fernanda Keller nada 25 km, pedala 400 km e corre mais 90 km religiosamente toda semana.

Além de ser profissional de educação física, ela conta que depois de treinar com grandes ícones do esporte, como o fisiologista Paulo Figueiredo e também com um dos seus discípulos Marcelo Borges, atua como a sua própria preparadora física. Porém, há 4 anos inseriu a bioginástica na sua rotina de atividades físicas. Ela pratica a modalidade com o mestre Orlando Cani, que já treinou o lutador de jiu-jitsu Rickson Gracie, as seleções feminina e masculina de vôlei, as duplas do vôlei de praia Guilherme e Pará e Adriana e Shelda, entre outros atletas.

Fernanda explica que a bioginástica mistura meditação, kenpo, tai-chi-chuan, expressão corporal e yoga e lembra que o treino de triathlon não trabalha flexibilidade, força, explosão. “Através dabioginástica passei a treinar tanto força quanto elasticidade, e a praticar o relaxamento muscular através da respiração, isto é, utilizando a respiração para recuperação do esforço e como forma de repouso”.

Dicas para preparadores físicos de triathlon

Equilíbrio é um fator essencial ao triatleta. Quando questionada sobre dicas que daria a treinadores e preparadores físicos de atletas amadores, a resposta é imediata: “É importante focar na qualidade de vida e bem estar do atleta, entender o significado do esporte na vida dele. Tem que haver um equilíbrio entre a prática esportiva e as demais atividades da pessoa: o treino não pode afastá-la da família e dos amigos. O esporte tem que ser um instrumento de vida e de prazer”, avalia.

Fernanda Keller sempre foi adepta a medicina preventiva e afirma que o triathlon exige o máximo do atleta, que deve estar sempre muito atento com alimentação e todos os cuidados com a saúde e com o corpo para garantir que vai aguentar o esforço. “Se hoje estou bem, com qualidade de vida, devo ao fato de ter tomado esses cuidados com meu corpo a vida inteira”.

Faculdade de Educação Física abriu portas à atleta

Falando a respeito da sua formação em Educação Física e o impacto sobre sua vida de atleta profissional, Fernanda responde que, graças ao curso, tem conhecimento de causa para discernir se um exercício é bom ou não, ou se um movimento pode causar alguma lesão.

Sem falar que foi também através da faculdade que ela foi apresentada ao triathlon. “Antes eu gostava de esportes, mas não era atleta. Foi durante o curso que eu tive contato com o esporte de alto rendimento através do fisiologista Paulo Figueiredo, que viria a ser meu primeiro técnico e que é, até hoje, meu grande mentor”, diz.

Mais tarde passou a treinar com Marcelo Borges, colega que também conheceu na faculdade, e que seguia os passos e as teorias do Paulo Figueiredo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s